Postagens

A Menina Que Roubava Livros

Imagem
Autor: Markus Zusak
Número de Páginas: 584
Gênero: Romance, Ficção, Ficção Juvenil, Ficção Histórica
Ano de Publicação: 2005


DO AUTOR: Markus Frank Zusak, nascido em Sydney, 23 de junho de 1975, é um escritor australiano famoso pelo seu Best- seller internacional A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS.


RESUMO: O livro é sobre Liesel Meminger, uma garotinha que encontra a morte três vezes durante 1939−1943 na Alemanha Nazista de Hitler.


RESENHA: “QUANDO A MORTE CONTA UMA HISTÓRIA, VOCÊ TEM QUE PARAR PARA LER”


A incrível história tem como narradora a MORTE, cuja função é colher almas para a sua coleção. Nada melhor do que em um lugar de guerra. É o período da SEGUNDA GUERRA MUNDIAL onde o governo da Alemanha era controlado por ADOLF HITLER. A Alemanha foi transformada em um ESTADO TOTALITÁRIO FACISTA que controlava quase todos os aspectos da vida. O RACISMO e o ANTISSEMITISMO eram, especialmente, uma característica central do regime.
É nesse momento que a morte encontra Liesel Meminger pela primeira ve…

RESSURREIÇÃO

Imagem
AUTOR: MACHADO DE ASSIS IDIOMA: PORTUGUÊS PAÍS: BRASIL GÊNERO: ROMANCE PSICOLÓGICO  LANÇAMENTO: 1872


Joaquim Maria Machado de Assis (Rio de Janeiro21 de junho de 1839— Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1908) foi um escritorbrasileiro, considerado por muitos críticos, estudiosos, escritores e leitores um dos maiores senão o maior nome da literatura do Brasil Escreveu em praticamente todos os gêneros literários, sendo poeta, romancista, cronista, dramaturgo, contista, folhetinista, jornalista e crítico literário.Afro-descendente, testemunhou a Abolição da Escravatura e a mudança política no país quando a República substituiu o Império, e foi grande comentador e relator dos eventos político-sociais de sua época.

RESUMO:
Ressurreição é o primeiro romance de Machado de Assis, publicado em 1872. Embora considerada uma obra da primeira fase, romântica, do autor, seu romantismo é contido, moderado, sem os excessos sentimentais, reviravoltas na trama e final feliz do

ANNE WITH AN E

Imagem
Anne é uma produção canadense, criada pelo canal CBC, que ganhou o mundo ao entrar no catálogo da Netflix com o título de Anne With An E — mais singular e mais parecido com sua protagonista. A base para a história vem do romance Anne of Green Gables de 1908 escrito pela autora Lucy Maud Montgomery, também do Canadá. Publicado por aqui como Anne de Green Gables.
Um Pouco de Anne
"Eu prefiro imaginar a lembrar"

Anne de Green Gables era uma mocinha forte e determinada. Nem mesmo com todas as peças que a vida lhe pregou, ela deixou de lado sua maior arma de sobrevivência: a imaginação.
Anne perdera seus pais quando ainda era um bebê. Vendo-se obrigada a viver em um orfanato onde não tinha amigas.
Junto ao seu crescimento, venho também a vasta experiência em lidar com situações desfavoráveis. Por ter sido "criada" de famílias abusivas e com muitos filhos, Anne, mais tarde, chegou a salvar a vida de uma menininha que já estava sem respiração.
Seus conhecimentos literários lhe …

O homem trocado

O homem acorda da anestesia e olha em volta. Ainda está na sala de
recuperação. Há uma enfermeira do seu lado. Ele pergunta se foi tudo bem.
- Tudo perfeito - diz a enfermeira, sorrindo.
- Eu estava com medo desta operação...
- Por quê? Não havia risco nenhum.
- Comigo, sempre há risco. Minha vida tem sido uma série de enganos...
E conta que os enganos começaram com seu nascimento. Houve uma troca
de bebês no berçário e ele foi criado até os dez anos por um casal de
orientais, que nunca entenderam o fato de terem um filho claro com olhos
redondos. Descoberto o erro, ele fora viver com seus verdadeiros pais. Ou
com sua verdadeira mãe, pois o pai abandonara a mulher depois que esta não
soubera explicar o nascimento de um bebê chinês.
- E o meu nome? Outro engano.
- Seu nome não é Lírio?
- Era para ser Lauro. Se enganaram no cartório e...
Os enganos se sucediam. Na escola, vivia recebendo castigo pelo que não
fazia. Fizera o vestibular com sucesso, mas não conseguira entrar na
universidade. O computador …

Não tenha medo de abandonar um livro!

Imagem
  Quem nunca se viu preso a uma leitura tediosa?

É! Por medo, seguiu arrastando-a por dias, até mesmo semanas.. Sim! Já aconteceu comigo. Por não ter coragem de abandonar um livro pela metade, passei um mês inteirinho lendo um único livro, me forçando a ler até o final. Conclusão, atrasei toda a minha rotina de leitura.. que absurdo!! Até que entendi que não deveria pensar assim..


As vezes a leitura nem é chata. Mas não é aquilo que você está com vontade de ler no momento..
Não devemos ler só por obrigação (a não ser que faça parte de sua grade curricular ou escolar, etc), devemos fazer da leitura um hábito prazeroso, algo que venha nos deixar feliz, ansiosos só de pensar nas próximas páginas..
Pois quem é que tem prazer em algo ruim.? Se prender a algo por obrigação, nunca é legal.

Então pense nisso: 📗Leia para o seu bem estar. Não leia apenas para provar a outros que você sabe ler, ou que lê inúmeros livros por mês. 📗Tire um tempo para a leitura, para que você possa se divertir, a…